Kaguya-sama: Love Is War

Kaguya-sama: Love Is War (Em japonês: かぐや様は告らせたい ~天才たちの恋愛頭脳戦~, que pode ser transliterado como: Kaguya-sama wa Kokurasetai – Tensai-tachi no Ren’ai Zunōsen, cuja tradução literal é “Kaguya-Sama Quer Uma Declaração: A Guerra dos Corações e Mentes dos Gênios) é uma série de manga seinen escrita e ilustrada pelo mangaká Aka Akasaka, pertencente às categorias comédia romântica e slice of life.

O mangá começou a ser serializado na revista Miracle Jump, da Sueisha, em maio de 2015 e passou a ser lançado na Weekly Young Jump em março de 2016. Kaguya-Sama: Love is War se tornou uma franquia multimídia em março de 2109, quando um anime de 12 episódios adaptado pelo estúdio A-1 Pictures estreou. A franquia também ganhou uma adaptação live-action no mesmo ano.

Em dezembro de 2019, o mangá alcançou a marca de 9 milhões de cópias em circulação. Em 2020, Kaguya-Sama: Love is War venceu o 65º Prêmio Shogakukan de Mangás na categoria geral.

1uudnv6nojjqyxfqswnuwag_8754287

Sobre Kaguya-Sama: Love Is War – Sinopse

Kaguya-Sama: Love is War é uma comédia romântica sobre dois estudantes brilhantes de uma escola altamente prestigiosa no Japão. Considerado um gênio por ter as notas mais altas em todo o país, Miyuki Shirogane é o presidente do conselho estudantil da renomadíssima Academia Shuchiin, trabalhando junto com a linda e rica vice-presidente Kaguya Shinomiya. Os dois são comumente apontados como um casal perfeito pelos outros estudantes, apesar de não estarem em um relacionamento romântico realmente.

No entanto, por passarem tanto tempo juntos, os dois acabam desenvolvendo sentimentos um pelo outro. O grande problema é que nenhum quer confessar seus sentimentos, pois veem isso como um sinal de fraqueza.

Com seu orgulho como estudantes de elite em jogo, Miyuki e Kaguya tentam fazer qualquer coisa para que o outro se apaixone e confesse os seus sentimentos, em uma verdadeira guerra do amor. Eles adotam as mais curiosas e absurdas estratégias e acabam envolvendo outros estudantes nisso, como a inocente Chika Fujiwara. Nesse jogo de amor e guerra, os dois realmente acreditam que vale tudo.

Mídias de Kaguya-Sama: Love Is War

A franquia Kaguya-Sama: Love is War teve seu início com o mangá escrito e ilustrado pelo mangaká Aka Akasaka em maio de 2015. A série ganhou sua primeira adaptação para outras mídias em 2019, com um anime criado pelo estúdio A-1 Pictures. A franquia conta também com um filme live action que estreou no Japão em setembro de 2019.

O mangá

O mangá, escrito e ilustrado por Aka Akasaka foi lançado oficialmente na revista Miracle Jump, da editora Shueisha, em sua edição de junho, no dia 19 de maio de 2015. O mangá foi lançado por quase um ano nessa revista, até o mês de fevereiro de 2016. Em março desse ano, o mangá foi realocado para a revista seinen da editora, a Weekly Young Jump.

81k0qualjql_2842727

A editora Viz Media anunciou uma localização da série para a América do Norte no dia 20 de julho de 2017, em seu painel na San Diego Comic-Con. Até o momento, a série não tem previsão de lançamento no Brasil nesse formato.

A franquia ganhou também dois mangás spin-off. O primeiro deles, criado por Shinta Sakayama, chama-se Kaguya-sama wa Kokurasetai: Dōjin-ban (かぐや様は告らせたい 同人版, traduzido como “Kaguya-sama Quer Uma Delcaração – Edição Doujin”) e foi lançado em junho de 2018 no website Tonari no Young Jump, da editora Shueisha, como um lançamento mensal.

spinoff-cover_4807325

Essa versão é um doujin oficial da franquia, apesar de seus eventos não serem considerados canon. Ela traz o dia-a-dia do conselho estudantil da Academia Shuchiin com elementos de fanservice e ecchi. A série foi lançada até junho de 2020, quando foi encerrada.

O segundo spin-off é um mangá em yonkoma, escrito e ilustrado por G3 Ida e intitulado Kaguya-sama o Kataritai (かぐや様を語りたい, traduzido como “Nós Queremos Falar Sobre a Kaguya”), lançado na Young Jump desde julho de 2018. O formato yonkoma é um formato normalmente utilizado para comédias em que as histórias são contadas no formato de “tirinhas” com quatro quadrinhos.

talk_volume_01_1519441

Esse spin-off conta a história de um jornal escolar/clube de imprensa e um grupo de garotas que participa desse clube que idolatram a Kaguya, mas não fazem a menor ideia do que realmente acontece dentro da sala do conselho estudantil.

O Anime

A franquia teve sua adaptação para animação pela Shueisha no dia 1º de junho de 2018. A série animada foi dirigida por Shinichi Omata, com o pseudônimo Mamoru Hatakeyama, enquanto o roteiro foi escrito por Yasuhiro Nakanishi. O anime foi produzido pelo estúdio A-1 Pictures. O design dos personagens foi produzido por Yuuko Yahiro, Jin Aketagawa foi o diretor de som, enquanto Kei Haneoka compôs a música da série.

O anime foi exibido no Japão entre os dias 12 de janeiro e 30 de março de 2019, nos canais MBS, Tokyo MX, BS11, Gunma TV, Tochigi TV, Chukyo TV e TV Niigata. A série foi exibida em 12 episódios. Masayuki Suzuki, Rikka Ihara e Yoshiki Mizuno gravaram a abertura da série, “Love Dramatic feat. Ihara Rikka” e Halca gravou o tema de encerramento, “Sentimental Crisis“.

Nos Estados Unidos e no Brasil, os direitos da série foram adquiridos pela Aniplex of America. O anime foi exibido na Crunchyroll, Hulu e FunimationNow na América do Norte. No Brasil, o anime também foi transmitido pela Crunchyroll.

O anime ganhou ainda uma segunda temporada, intitulada Kaguya-sama: Love Is War?, que foi anunciada em 19 de outubro de 2019. Todo o elenco e equipe técnica da primeira temporada retornou para os seus papéis. O anime foi exibido entre 11 de abril e 27 de junho de 2020, nos canais MBS, Tokyo MX, BS11, Gunma TV, Tochigi TV, Abema TV e TV Niigata. A segunda temporada contou com os novos personagens Miko Iino e Kabachi Osaragi.

87e13bf9ae3b414a07b32ad7cf170910_5479723

O tema de abertura, “Daddy! Daddy Do!”, foi gravado por Airi Suzuki e o encerramento, “Kaze ni Fukarete”, por Haruka Fukuhara. A temporada estreou antecipadamente no Anime Festival Sydney em 8 de março de 2020. A segunda temporada do anime ainda não foi lançada oficialmente no Brasil.

O Live Action

A franquia ganhou uma versão em live action em 2019, adaptada a partir do mangá. O filme foi dirigido por Hayato Kawai e distribuído pela Toho. O filme foi anunciado pela Shueisha em fevereiro de 2019 e estreou no Japão no dia 6 de setembro do mesmo ano.

kaguya-sama-love-is-war-trailer-sm1-740x474_9874281

O ator Sho Hirano fez o papel de Miyuki Shirogane e Sho Hirano fez o papel da personagem Kaguya Shinomiya. O roteiro do filme foi escrito por Yuichi Tukunaga e as filmagens foram feitas entre março e abril de 2019. O filme teve uma bilheteria de 2 bilhões de iênes (Cerca de 98 milhões de reais em 31/07/2020).

Recepção da Franquia Kaguya-Sama: Love is War

A franquia como um todo ganhou bastante popularidade quando da estreia do anime e tem sido bem recebida tanto pelo público quanto a crítica. O mangá chegou a marca de 6,5 milhões de cópias em circulação em abril de 2019, passou de 8,5 milhões em outubro desse ano e de 9 milhões de cópias em dezembro de 2019. Kaguya-Sama: Love Is War se tornou o 9º mangá mais vendido em 2019, com mais de 4 milhões de cópias vendidas nesse ano.

Em 2020, o mangá foi premiado, juntamente com Aoashi, no 65º Shogakukan Manga Award na categoria geral.

O website Anime News Network classificou os dois primeiros volumes do mangá como positivos, citando-os como “um das premissas mais únicas de comédia romântica atualmente”. O site indicou que o segundo volume era melhor que o primeiro, mostrando desenvolvimento da parte do autor e comentando que isso mostrava um potencial de longevidade para a série. A arte foi considerada um pouco abaixo, faltando um pouco de refinamento.

O anime recebeu diversos prêmios no Crunchyroll Anime Awards de 2020. Kaguya-Sama: Love is War recebeu o prêmio de Melhor Comédia, Melhor Casal e Melhor Sequência de Encerramento com “Chikatto Chika Chika”. A personagem Chika também foi nomeada para a categoria “Melhor Garota.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mangazine

Sua enciclopédia sobre mangás.

Este é um site do Grupo Mediaz