KonoSuba — Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o!

Konosuba — kono subarashii sekai ni shukufuku o!

KonoSuba, abreviação de Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o! (título que pode ser traduzido para o português como “Abençoado Seja Este Mundo Maravilhoso!“), é uma série de light novels escritas por Natsume Akatsuki, pertencentes aos gêneros de fantasia e comédia.

Originalmente serializada na forma de web novels no portal Shōsetsuka ni Narō entre dezembro de 2012 e outubro de 2013, KonoSuba tornou-se uma franquia multimídia após ser adquirida pela editora Kadokawa Shoten, onde a história foi recriada pelo autor em forma de light novels publicadas sob a imprint Kadokawa Sneaker Bunko entre 2013 e 2020.

KonoSuba

Sobre KonoSuba — Premissa e Sinopse

O enredo de KonoSuba consiste em uma paródia do popular subgênero isekai (lit: outro mundo), cujas histórias são comumente protagonizadas por personagens que originalmente residiam no mundo real até serem transportados para uma realidade alternativa, que geralmente incorpora elementos de fantasia e/ou ficção científica.

Na época em que KonoSuba foi originalmente lançado, a tendência dominante entre os isekais consistia em ambientar as histórias em mundos cujo funcionamento adere à lógica interna normalmente encontrada em jogos do gênero MMORPG (Massively Multiplayer Online Role-Playing Games).

Essa tendência se popularizou em 2012 com o lançamento — e subsequente sucesso — da primeira adaptação animada da série de light novels Sword Art Online (que vêm sendo publicadas pela ASCII Media Works sob a imprint Dengeki Bunko desde 2009), rapidamente motivando as editoras e emissoras de televisão japonesas a produzir mais conteúdo que explorasse esse nicho.

A web novel de Natsume Akatsuki, fã confesso das franquias Wizardry e Final Fantasy, se inspirou principalmente em RPGs de mesa para construir o universo e a estética de KonoSuba. O enredo, contudo, tem o objetivo principal de “tirar sarro” de diversos elementos que se tornaram padrão nas inúmeras histórias publicadas no subgênero isekai durante aquele momento, apresentando-os de modo a subverter ou extrapolar as expectativas geralmente associadas a esse estilo de narrativa.

KonoSuba

Sinopse

Após morrer de forma prematura e constrangedora, Kazuma Satō, um adolescente japonês que adere ao estilo de vida “hikikomori” (um fenômeno bastante comum no Japão onde adolescentes e adultos se tornam “eremitas urbanos”, se isolando em casa longe de qualquer convívio social), conhece a deusa Aqua, que oferece ao rapaz a oportunidade de renascer em um mundo paralelo de fantasia com elementos de MMORPG onde ele pode partir em aventuras e enfrentar monstros.

Apesar de Kazuma poder escolher entre qualquer objeto mágico ou habilidade super-poderosa para acompanhá-lo nessa nova vida, o rapaz reage a provocações e escolhe a própria deusa — que não gostou nem um pouco da ideia — como sua companheira.

Poucos segundos e muitos chiliques depois, os dois são transportados para a cidade de Axel e o rapaz, que até então esperava uma aventura emocionante como nos demais animes do gênero, rapidamente se arrepende de ter escolhido Aqua como acompanhante devido à personalidade preguiçosa e distraída da deusa.

Como Aqua é incapaz de retornar ao além até que o maligno Rei Demônio seja derrotado, a dupla decide criar um bando de aventureiros e recruta dois outros membros para ajudá-los: Megumin, uma bruxa obcecada por explosões; e Darkness, uma cruzada com impulsos masoquistas.

Devido às personalidades e habilidades altamente disfuncionais do bando, Kazuma rapidamente desiste da ideia de derrotar o Rei Demônio e decide focar seus esforços em viver uma vida luxuosa. As circunstâncias de seu cotidiano, no entanto, sempre acabam forçando o rapaz e seu bando a encontrar e enfrentar os exércitos e generais do Rei Demônio.

KonoSuba

Mídias da franquia KonoSuba

Desde o lançamento da web novel original em 2012, a popularidade de KonoSuba foi suficiente para expandir a história original para uma franquia multimídia. Até o momento, a variedade de conteúdo que reconta ou adapta o enredo e os personagens de KonoSuba pode ser encontrada nos seguintes meios: light novels, mangás, animes para a televisão, produções para o cinema, jogos eletrônicos e Audio CDs.

A web novelKono Subarashii Sekai ni Shukufuku o!

A web novel original de KonoSuba foi publicada entre dezembro de 2012 e outubro de 2013 no site Shōsetsuka ni Narō (conhecido também como Syosetu), um portal bastante popular no Japão onde usuários podem publicar suas histórias originais de forma totalmente gratuita.

Desde a fundação do portal Syosetu, em abril de 2004, as histórias publicadas no site deram origem a diversas franquias de sucesso, a exemplo de Log Horizon, Mahouka Koukou no Rettousei e a própria KonoSuba. A editora Futabasha, com o objetivo de tirar proveito desse potencial, estabeleceu em 2014 a imprint de light novels Monster Bunko, que publica quase exclusivamente obras baseadas no conteúdo do Syosetu.

O autor Natsume Akatsuki também publicou no site uma história one-shot situada no universo de KonoSuba, estrelando os personagens secundários Wiz e Vanir.

O acervo completo da web novel (em japonês) pode ser acessado através deste link, e o one-shot pode ser lido (também em japonês) clicando aqui.

KonoSuba

As light novels

A partir do dia 1º de outubro de 2013, KonoSuba passou a ser publicado na forma de light novels com ilustrações de Kurone Mishima sob a imprint Kadokawa Sneaker Bunko da editora Kadokawa Shoten, com um total de dezessete volumes lançados até 1º de maio de 2020, data de publicação do volume final.

Além de alterações leves feitas por Akatsuki em aspectos superficiais da história como as idades dos personagens, o enredo das light novels de KonoSuba começa a divergir daquele originalmente apresentado nas web novels originais a partir do sexto volume. Estruturalmente, ambas as versões têm inícios e finais semelhantes, embora o 17º volume da light novel também inclua um epílogo que traz eventos posteriores ao encerramento original.

Akatsuki e Mishima são também responsáveis por escrever e ilustrar uma série spin-off de light novels chamada Kono Subarashii Sekai ni Bakuen o! (título que pode ser traduzido para “Explodido Seja Este Mundo Maravilhoso!”), cuja história é focada na personagem Megumin e situada um ano antes da série principal, que foi lançada em três volumes publicados entre 1º de julho de 2014 e 1º de junho de 2015.

Uma novel única continuando a história desse spin-off foi lançada em 28 de dezembro de 2016, levando o título Zoku: Kono Subarashii Sekai ni Bakuen o! (em português, “Sequência: Explodido Seja Este Mundo Maravilhoso!”).

Outro spin-off de KonoSuba, dessa vez estrelando o personagem coadjuvante Vanir, foi publicado no dia 1º de abril de 2016 com o título Kono Kamen no Akuma ni Sōdan o! (em português, “Consultando com o Demônio Mascarado!”).

Uma terceira série spin-off chamada Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o! Extra Ano Orokamono ni mo Kyakkou o! (literalmente, “Abençoado Seja Eu Neste Mundo Maravilhoso! Extra: Dá uma olhada também naquele idiota!”) começou a ser publicada em 1º de agosto de 2017. Escrita por Hirukuma e ilustrada por Uihime Hagure, a série tem Dust como personagem central de sua trama. O segundo volume foi lançado no dia 1º de dezembro de 2017.

No dia 1º de janeiro de 2020, foi lançada a coletânea Kono Subarashii Sekai no Shukufuku ou! Yorimichi! (traduzido como “Abençoado Seja Este Mundo Maravilhoso! Desvio!” em português). Escrita pelo próprio Akatsuki, a coletânea é um apanhado de diversos contos originalmente lançados como extras nos conjuntos de Blu-Ray e DVD do anime de KonoSuba.

O Mangá

Uma adaptação de KonoSuba para mangá, ilustrada por Masahito Watari, começou a ser serializada na edição de outubro de 2014 da revista Monthly Dragon Age, da editora Fujimi Shobo, em 9 de setembro de 2014. Oito volumes tankōbon foram lançados até maio de 2019.

Um mangá spin-off, cujo nome em português seria algo como “Holofotes (Até) Para Esse Idiota! Presenteado Com Bênçãos Seja Esse Mundo Maravilhoso! Extra“, foi lançado em conjunto com o décimo-segundo volume da light novel. Escrito e ilustrado respectivamente por Kuma Hiru e Hagure Yuki, o mangá tem a história focada em Dust, que se envolveu em uma confusão com Vanir por causa de produtos roubados.

KonoSuba

Anime, OVAs e Participações Especiais

KonoSuba ganhou uma adaptação em anime produzida pelo Studio Deen e exibida pela emissora Tokyo MX entre 14 de janeiro e 16 de março de 2016. A série foi posteriormente exibida por oito outras redes de televisão, além de diversas redes de streaming com o sistema video on demand. A série teve transmissão simultânea pela plataforma Crunchyroll em diversas regiões, e pela AnimeLab exclusivamente na Austrália. O anime foi dirigido por Takaomi Kanazaki e roteirizada por Makoto Uezu, com Koichi Kikuta encarregado do design dos personagens.

Uma original video animation (OVA) acompanhou o nono volume da light novel de KonoSuba em junho de 2016, a fim de promover o anime. A música de abertura é “Fantastic Dreamer”, da cantora Machico, enquanto o tema de encerramento é Chīsana Bōken-sha (“Pequeno Aventureiro“, em tradução literal), cantada por Sora Amamiya, Rie Takahashi e Ai Kayano (que dão suas respectivas vozes para Aqua, Megumin e Darkness na série).

A série foi animada pela dupla Koichi Kikuta e Momoka Komatsu, sendo o primeiro responsável por episódios de número ímpar e o segundo pelos de número par. Enquanto os character designs de Komatsu permaneciam mais fiéis àqueles das light novels e tinham um visual mais atraente, Kikuta tirou inspiração de programas infantis — como Pokémon — para seus designs já que ele achava a história de KonoSuba bem parecida com as encontradas em seriados daquele estilo.

Uma segunda temporada foi ao ar entre 12 de janeiro e 16 de março de 2017. A música de abertura da segunda temporada é Tomorrow, também da cantora Machico, e o encerramento é Ouchi ni Kaeritai (título que, em português, significa literalmente “Quero Ir Para Casa”), que é cantada pelas dubladoras das três protagonistas assim como na temporada anterior.

Em 6 de outubro de 2018, foi anunciado que os personagens de KonoSuba apareceriam em Isekai Quartet, um anime de crossover que também conta com participação de personagens das séries Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu, Overlord e Yōjo Senki.

O Filme “Legend of Crimson”

Em 25 de julho de 2017, Jun Fukushima — dublador de Kazuma — e Rie Takahashi anunciaram planos para um novo projeto de animação na franquia KonoSuba. Mais tarde o projeto foi revelado como o filme Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o! Kurenai Densetsu (título traduzido como “Abençoado Seja Esse Mundo Maravilhoso! Lenda do Carmesim“, de forma literal), também conhecido popularmente como Legend of Crimson.

A produção do longa-metragem foi oficialmente anunciada em 25 de junho de 2018, com o estúdio J.C. Staff encarregado da animação e o elenco da série retornando aos seus respectivos papéis. O filme foi lançado no dia 30 de agosto de 2019 em cinemas japoneses, sendo oficialmente distribuído no ocidente em streaming através da plataforma Crunchyroll a partir de 25 de março de 2020.

KonoSuba

Mangazine

Sua enciclopédia sobre mangás.

Este é um site do Grupo Mediaz